Lucas Mendes

Bricolagem: a arte de associar ideias.

In Publicidade on 05/04/2011 at 19:32

Segundo João Anzanello Carrascoza, em seu artigo “Duchamp e a anestesia estética na publicidade”, a criação publicitária resulta de uma prática de bricolagem levada a termo pelo redator e pelo diretor de arte – profissionais que atuam em dupla nas agências de propaganda e são os responsáveis pela elaboração das mensagens. Nesse processo, lançam mão de todo tipo de material cultural para criar as peças solicitadas. Ambos se valem sistematicamente, como matéria-prima, de citações de imagens e enunciados fundadores, interferindo em seu significado, o que nos faz pensar nos ready-mades de Duchamp.

Os “criativos” atuam cortando, associando, unindo e, conseqüentemente, editando informações que encontram no repertório cultural da sociedade. A bricolagem, assim como o pensamento mítico, é a operação intelectual por excelência da publicidade.

A seguir, trago-lhes dois exemplos de bricolagem. Um é o ready-made de Duchamp intitulado “L.H.O.O.Q”, uma provocativa retificação do quadro Mona Lisa.

Duchamp toma a obra-prima de Da Vinci e emascula a modelo, colocando-lhe bigode e cavanhaque, e a inscrição “L.H.O.O.Q” (em francês, “elle a chaud au cul”; em português, algo como .ela tem fogo no “rabo”). Vale ressaltar o irreverente espírito bricoleur do artista, que a publicidade vem igualmente adotando nos últimos anos, sobretudo com base em imagens “fundadoras”.

O outro exemplo é uma peça publicitária da Bombril para os produtos Mon Bijou, onde Carlos Moreno se veste de Mona Lisa para ratificar que o produto deixa as roupas uma perfeita obra-prima.

Talvez essa forte utilização de ready-mades advenha da necessidade atual dos “criativos” encontrarem idéias que demandem menor tempo e esforço ou de quererem relacionar a marca a um produto já existente na mente dos consumidores. O que sei é que todos nós, “criativos” ou não, somos adaptadores de informações a fim de transformá-las em algo novo, todo dia. E assim, tudo se torna inconstante num mercado que só tem uma visão: o lucro.

  1. Adorei Lucas!!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: